Jornal Gazeta do Estado

@gazetadoestado

Carregando...

 
Conteúdo
Suplementos
Serviços
Previsão do tempo



   Política
 
09/07/2010

Candidatos têm 23,3 milhões em bens

Fabiana Pulcineli

Com patrimônio de R$ 14,6 milhões, o peemedebista Iris Rezende é o mais rico entre os candidatos ao governo do Estado, segundo declaração de bens entregue pelos postulantes ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) na segunda-feira. O candidato do PR, Vanderlan Cardoso, informou possuir R$ 6,8 milhões, enquanto o senador Marconi Perillo (PSDB) declarou R$ 1,6 milhão. Washington Fraga (PSOL) apresentou patrimônio de R$ 240 mil e Marta Jane (PCB), de R$ 32 mil. Juntos, os cinco candidatos têm R$ 23,37 milhões em bens.

O patrimônio de Iris subiu consideravelmente em relação ao valor declarado em 2008 porque sua assessoria incluiu o valor de cabeças de gado pertencentes ao peemedebista. Na disputa municipal, o tema virou polêmica quando o adversário de Iris Sandes Júnior (PP) criticou a não-inclusão de bovinos.

À época, o valor declarado pelo ex-prefeito de Goiânia, então candidato à reeleição, foi de R$ 6 milhões. Os demais bens são praticamente os mesmos, com valores sem atualização (veja quadro ao lado). Segundo a declaração atual do peemedebista, as quase 12 mil cabeças de bovinos e bufalinos valem R$ 8,4 milhões. Ele inclui ainda máquinas e equipamentos utilizados em suas fazendas.

Com patrimônio mais de duas vezes maior do que o declarado na campanha de 2006, Marconi Perillo teve como acréscimos na declaração uma casa no Alphaville, um apartamento no Jardim Goiás e um veículo Azera. Os novos bens representaram aumento de R$ 829 mil no patrimônio do candidato tucano. O senador informou ter ações em duas empresas: Goiás Alimentos e Meia Lua Tour, em Pirenópolis.

Empresário do ramo de alimentos, Vanderlan Cardoso teve pequena alteração no patrimônio desde que entrou para a política, em 2004, como prefeito de Senador Canedo. Na declaração de 2008, quando candidato à reeleição, ele tinha R$ 6,78 milhões, segundo documento apresentado por ele ao TRE. Vizinho de Marconi no Alphaville, o republicano declarou R$ 2,3 milhões no valor da casa.

Assim como Iris, Marconi e Vanderlan não atualizaram os valores dos bens, que são os mesmos apresentados nas declarações das eleições passadas. A lei eleitoral não determina que os candidatos coloquem valores reais dos bens. Assim, alguns dados se mostram bem fora da realidade, como apartamento no Setor Bueno, em Goiânia, por R$ 40 mil, de Vanderlan, 32 lotes no Setor Cidade Vera Cruz, em Aparecida de Goiânia, por R$ 5,9 mil, de Iris, e metade de lote em Três Ranchos por R$ 5 mil, de Marconi.

O TRE liberou ontem os dados do patrimônio dos candidatos. Os demais postulantes terão as declarações divulgadas no site do Tribunal Superior Eleitoral pelo site: (www.tse.jus.br) provavelmente a partir de hoje. Os registros foram feitos dia 5.

 
 
Versão para impressão Envie esta notícia
 
subir voltar
 
 
    |    Expediente    |    Contato    |    Publicidade    |    Espaço do Leitor    |    Classificados    |    Adicione aos favoritos
  Copyright © 2008 GAZETA DO ESTADO. Todos os direitos reservados. Desenvolvido pela IPBRAS