Política

Adriana Accorsi relembra impeachment de Dilma Rousseff e cobra retorno de direitos a professores

Publicado

em


A deputada Delegada Adriana Accorsi (PT) foi a primeira a usar a tribuna virtual, durante o Pequeno Expediente da sessão ordinária híbrida dessa terça-feira, 31. Segundo ela, hoje se completam cinco anos de “um golpe que foi dado na democracia brasileira, em uma presidenta eleita, honesta, que foi provada pela Justiça a sua inocência, e que desencadeou em perda de direitos e de políticas públicas”, disse.}

A parlamentar fala do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT) e lamenta que o País tenha chegado, em sua perspectiva, ao ponto de crise econômica, política, de saúde e financeira que hoje chegou. 

Adriana Accorsi reforçou que um dos papéis dos deputados é fiscalizar os atos do Executivo estadual e que isso é feito, por exemplo, por meio dos pedidos de vista das proposituras apresentadas por ele. “Eu e outros deputados da oposição fomos vítimas de uma fake news lançada nas redes sociais e em um jornal da cidade, dizendo que nós havíamos atrasado o contracheque dos trabalhadores da Educação porque pedimos vista de um projeto de lei do Governo. Isso é um absurdo. Se o Governo quer valorizar os professores, por que não volta a titularidade, o quinquênio e outros direitos?”, questionou a parlamentar.   

READ  Idosa é picada por cobra e sofre dois AVCs em Itanhaém, no litoral de Sul de SP

Comentários do Facebook
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CIDADES

PLANTÃO POLICIAL

POLÍTICA

ECONOMIA

MAIS LIDAS DA SEMANA