• redacao@gazetadoestado.com.br

Política

Bolsonaro é esfaqueado em campanha e levado ao hospital após confusão em Juiz de Fora

O presidenciável foi levado para o hospital.

Publicados

em


A agenda de Jair Bolsonaro (PSL) foi interrompida após uma confusão em Juiz de Fora (MG) nesta tarde depois do candidato ter sido esfaqueado com faca na região do abdômen em momento que fazia campanha. O presidenciável foi levado para o hospital.

De acordo com informações da Polícia Militar, de fato um suspeito foi preso e está em poder da polícia e deve ser ouvido. O rapaz de ter dado a facada foi identificado como Adélio Bispo de Oliveira, e segundo informações, ele foi espancado e está bastante ferido por contada das agressões. Felizmente o ferimento em Bolsonaro foi superficial e ele passa bem.

Flávio Bolsonaro, filho do candidato a presidência, postou em sua rede social (Twitter), informando sobre o acontecimento. ?Jair Bolsonaro sofreu um atentado agora em Juiz de Fora, uma estocada com faca na região do abdômen. Graças a Deus, foi apenas superficial e ele passa bem. Peço que intensifiquem as orações por nós!?.

Antes do ataque, tumultos, tensão e bate-boca marcaram a visita do presidenciável ao hospital filantrópico da Associação Feminina de Prevenção e Combate ao Câncer (ASCOMCER) e também um almoço com o candidato em um hotel em Juiz de Fora, Minas Gerais, nessa quinta-feira (06/09).

READ  Formação em acessibilidade prepara jovens para o mercado de trabalho

Pacientes idosos em tratamento contra a doença tiveram dificuldade para entrar na unidade, devido a um cordão de isolamento feito por participantes de um movimento conservador da cidade. Vestidos de preto, eles se diziam policiais e afirmavam fazer “segurança voluntária” do candidato.

Vídeo do ocorrido: https://www.youtube.com/watch?v=Wuo2yzcBdf0

Verônica Alves.

Comentários do Facebook
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CIDADES

PLANTÃO POLICIAL

POLÍTICA

ECONOMIA

MAIS LIDAS DA SEMANA