• redacao@gazetadoestado.com.br

Goiás

Caiado participa do último adeus a Maguito Vilela, em Jataí

Publicados

em


O governador Ronaldo Caiado, durante o sepultamento do prefeito de Goiânia, Maguito Vilela, nesta quinta-feira (14/01), sintetizou o sentimento dos goianos no momento do último adeus àquele que foi um dos maiores líderes políticos de Goiás. “Todos nós estamos com um sentimento enorme de perda, de tristeza, por um homem conciliador, que estava no seu melhor momento de vida, com experiência, e que era respeitado no cenário nacional”, disse. “Sempre teve posição de destaque em todas as decisões que tomou”, destacou, em Jataí, terra natal do ex-governador homenageado.

Acompanhado do presidente da Assembleia Legislativa de Goiás, Lissauer Vieira, Caiado esteve ao lado de familiares, amigos, admiradores e conterrâneos de Maguito Vilela para se solidarizar neste que tem sido um momento de grande comoção para os goianos. “Temos que respeitar as pessoas que construíram em prol do nosso Estado, que tiveram a visão voltada para os mais vulneráveis e humildes. Esse é o exemplo da boa política”, destacou. “Maguito trabalhava com espírito público, não para se enriquecer e muito menos para usar do poder [em benefício próprio]. Ele dignificou a política em Goiás”, assinalou o governador. 

O velório no município em que “Magrim” – apelido dado ao político na juventude, quando ainda jogava futebol – nasceu e construiu a base da sua história teve início na noite da última quarta-feira (13/01) e foi finalizado hoje (14/01), com a celebração de uma missa de corpo presente, no Ginásio de Esportes Vilelão. Em atenção aos protocolos sanitários, organizados em filas, os moradores de Jataí e região puderam se despedir do filho do Sudoeste Goiano.

A preocupação com a segurança da população para evitar novas contaminações pelo coronavírus também foi pauta do discurso de Caiado. “Maguito lutou e superou o vírus, mas não as complicações advindas da Covid-19. Neste momento, peço a vocês: vamos ter um cuidado maior, pois a vacinação está a poucos dias de começar”, ponderou o governador. 

READ  Goiás Turismo participa de fórum em Florianópolis

Durante o cortejo, os jataienses puderam prestar sua última homenagem a Maguito. Nas ruas, durante o trajeto, muitas pessoas ficaram emocionadas e algumas lojas baixaram as portas em sinal de respeito. A comitiva seguiu para o Cemitério São Miguel, onde está o jazigo da família e onde foram sepultados o filho [Maguito perdeu um menino bebê], os pais e as irmãs do ex-governador. O corpo dele foi recebido com honras militares.

Pelo social

A sincronia na vida política, pela faixa etária similar, conferiu a Ronaldo Caiado um olhar sobre a vida pública de Maguito que permitiu conhecer de perto a conduta do colega, para a qual o governador não mediu palavras para elogiar. “Sabemos o quanto são importantes na política pessoas que tenham o espírito do Maguito, de aglutinar, de congregar com um objetivo único, atender as pessoas mais humildes e carentes”, ressaltou.

“Foi meu colega durante muito tempo. Convivi com Maguito em um período em que ele foi parlamentar, no Congresso Nacional, depois como prefeito de Aparecida de Goiânia e, no decorrer de todo esse tempo, sempre mantive um diálogo muito forte com ele”, afirmou Caiado, ao relembrar momentos compartilhados com o homenageado.

Para o governador, o legado construído pelo jatainse inspira as parcerias no meio político, independentemente de siglas partidárias, para consolidar a melhoria de qualidade de vida da população. “Era exatamente esse o objetivo dele quando disputou todos os mandatos e aí está o nosso ponto de concórdia: poder dar as mãos, agora de uma forma conjunta, com o prefeito de Goiânia [em exercício, Rogério Cruz]”, declarou, ao enfatizar que sua missão é ampliar ações de governo para dar continuidade ao trabalho de forma republicana, assim como foi na gestão de Iris Rezende.

READ  Maestro goiano participa de curso em Londres

Despedida

Em um dos pontos mais marcantes do adeus a Maguito, o filho Daniel Vilela, tomado pela emoção, falou ao final da celebração religiosa, realizada durante o velório, sobre a relação do pai com sua terra natal. “Eu não sei se ele queria partir agora. Acho que não, pela sua vontade de viver, mas Deus vai se encarregar de dar a paz, a serenidade, a consciência de que foi chegada a hora dele. Com certeza, ele está muito feliz de voltar em definitivo para Jataí, o grande amor da vida dele”, destacou, ao agradecer o carinho dos conterrâneos.

Governador se solidariza com Daniel Vilela, filho de Maguito. (Foto: Hegon Corrêa)

As homenagens a Maguito começaram assim que houve o anúncio de seu falecimento e as primeiras solenidades de despedida ocorreram em Goiânia e Aparecida de Goiânia. Na capital, o Governo de Goiás realizou uma cerimônia aberta na Praça Cívica, em frente ao Palácio das Esmeraldas, para velar o corpo. O gesto solene, somado ao decreto de luto oficial por três dias, configuraram as honrarias de Estado designadas por Ronaldo Caiado para a despedida e respeito à memória do prefeito da capital.

Assim como o Governo do Estado, a Câmara dos Deputados e as prefeituras de Aparecida de Goiânia, Goiânia e Jataí decretaram luto oficial e as bandeiras foram colocadas a meio mastro. Maguito faleceu aos 71 anos, vítima de complicações após contrair a Covid-19. Foram mais de 80 dias de internação e luta pela vida. Ele faria 72 anos no próximo dia 24 de janeiro. Deixou esposa, quatro filhos, uma enteada, netos e muitos admiradores. 

Estiveram presentes no velório e sepultamento em Jataí o secretário de Estado Tony Carlo (Comunicação); o deputado federal por Goiás, João Campos; o deputado estadual Jeferson Rodrigues; os prefeitos de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha; e de Jataí, Humberto Machado; secretários municipais e familiares de Maguito Vilela.

Fonte: Secom-GO

Fonte: Governo GO

Comentários do Facebook
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CIDADES

PLANTÃO POLICIAL

POLÍTICA

ECONOMIA

MAIS LIDAS DA SEMANA