Política

Chico KGL quer reconhecimento da música sertaneja como patrimônio cultural goiano

Publicado

em


O reconhecimento da música sertaneja como um bem imaterial e patrimônio cultural goiano. É o que propõe o deputado Chico KGL (DEM), através do projeto de lei nº 8548/21, que está em tramitação na Assembleia Legislativa de Goiás (Alego). O parlamentar ressalta a importância econômica e social em âmbito nacional e mundial da música sertaneja, ao justificar a sua proposição.

Chico KGL frisa que: “O estado de Goiás tem o maior festival de música do Brasil, o Villa Mix Festival, que todos os anos conta com a presença da maioria dos grandes nomes da música brasileira e, de forma especial, de expoentes da música sertaneja como Marília Mendonça, Jorge & Mateus, Gustavo Lima, Luan Santana, Maiara e Maraisa dentre tantos outros”.

Salienta o deputado: “Em todas as suas edições, o festival, que objetiva levar para o Brasil e para o mundo o universo da cultura sertaneja, conta com ampla aceitação nacional, levando um público de dezenas de milhares de pessoas. Registra-se, de forma especial, que o reconhecido Villa Mix Festival figura inúmeras vezes no Guinness World Records, em virtude de suas sucessivas quebras de recordes com suas monumentais e criativas estruturas, sempre, cobertas de significados que chamam a atenção e impressionam o mundo”.

READ  Subsídio para beneficiários de programa de moradia vai à sanção

E enfatiza: “Somente esse festival, criado para exaltar internacionalmente a música sertaneja, mobiliza milhares de pessoas, contribuindo para a consequente criação de milhares de empregos. A título de exemplificação registramos que, de acordo com o site do Guinness Worls Records, somente na edição do ano de 2015 a música sertaneja movimentou uma estrutura de palco com 2.788,39 m2 e 52,34 m de altura, um impressionante alcance de mídia de 23.411.705 impressões com uma cobertura de mídia de Cartão de Visita — R7, EGO, G1 – Globo.com, Goiás Agora”.

Lembra o deputado que: “A música sertaneja também possui posição de destaque nas principais plataformas musicais. No ano de 2017, a saudosa artista goiana de música sertaneja Marília Mendonça se consagrou como a artista brasileira mais ouvida no YouTube, ficando em 13° lugar no ranking mundial. Em março de 2019, foi divulgado pelo serviço de streaming Spotify que a cantora sertaneja ocupou o primeiro lugar no TOP 10 das mulheres mais ouvidas do Brasil na plataforma. Além de contar a cultura e as tradições goianas, a música sertaneja vem sendo utilizada pelos seus artistas como instrumento de resistência social”.

READ  Portela é patrimônio imaterial do estado do Rio de Janeiro

Diz mais: “A sensibilidade sempre presente na música sertaneja fala ao coração das pessoas, sendo esse um fator de especial importância para o movimento de resistência contra a sociedade machista e intolerante. Graças ao empenho de todos os artistas, a música sertaneja vem galgando o respeito e o reconhecimento da mídia internacional”.

E, depois de ressaltar outras razões para justificar sua iniciativa parlamentar, Chico KGL coloca ainda elogios e reconhecimentos da imprensa mundial ao trabalho da Marília Mendonça, que faleceu recentemente em um acidente aéreo.

Por fim, registra que não há qualquer óbice constitucional ou legal para a aprovação da propositura apresentada por ele, “especialmente porque a matéria não está inclusa dentre aquelas de competência privativa do Governador do estado (art. 20, §1°, da Constituição do Estado de Goiás)”.

Comentários do Facebook
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CIDADES

PLANTÃO POLICIAL

POLÍTICA

ECONOMIA

MAIS LIDAS DA SEMANA