Cidades

Cidades do Nordeste recebem cartões do Aluguel Social

Publicado

em

O Governo de Goiás, por meio da Agência Goiana de Habitação (Agehab), realiza uma série de entregas do Programa Pra Ter Onde Morar – Aluguel Social em municípios do Nordeste goiano nos próximos dias, entre eles Nova Roma, Divinópolis, São Domingos, Iaciara, Guarani e Formoso.

Os beneficiários convocados passaram pela análise de encaixe nos requisitos do programa e também pela avaliação documental, que comprova a situação de vulnerabilidade dos beneficiários. O Aluguel Social atende atualmente 53 municípios em diferentes etapas de execução. Mais de 20 mil já foram convocados para receber o benefício.

Nesta quinta-feira (09) estão sendo realizadas entregas em Divinópolis e em São Domingos. Na sexta-feira (10/06), será a vez de Iaciara e Guarani. Na próxima semana, mais especificamente na quinta-feira (15/06), a entrega chega a Formoso.

Na última quarta-feira (08/06), os cartões já foram entregues em Nova Roma. Os eventos são realizados com a condução da diretora Desenvolvimento Institucional e Cooperação Técnica da Agehab, Priscilla Norgann, que representa o presidente da Agência, Pedro Sales.

Para o presidente da Agehab Pedro Sales, o programa é democrático ao atender municípios maiores da região metropolitana e do Entorno do Distrito Federal, mas também municípios menores do interior do Estado. “Além de democratizar o acesso aos benefícios sociais, o Aluguel Social também ataca o déficit habitacional em várias regiões e não apenas nos grandes centros. Estamos levando apoio para as famílias em todos os cantos do Estado e mudando a história do desenvolvimento em Goiás”, afirma Sales.

READ  Caiado investe R$ 139,5 milhões em bônus por resultados para professores

É importante que os beneficiários dos municípios verifiquem se estão na lista de convocação para receber o benefício nos próximos eventos de entrega. As listas de todos os municípios estão disponíveis no site www.agehab.go.gov.br.

Para se candidatar ao programa Aluguel Social, a família tem que estar com o CadÚnico atualizado, ter vínculo há pelo menos três anos com o município, estar em situação de vulnerabilidade financeira e não possuir imóvel próprio.

Aluguel Social

O Programa Pra Ter Onde Morar – Aluguel Social é uma iniciativa do Governo de Goiás, criado por meio do Projeto de lei n° 21.186, de novembro de 2021. O programa destina o valor mensal de R$ 350 para locação de imóveis por 18 meses para famílias em situação de vulnerabilidade social, superendividamento e que não tenham moradia própria.

O programa opera com recursos provenientes do Fundo de Proteção Social do Estado de Goiás (Protege), coordenado pelo Gabinete de Políticas Sociais (GPS) da Governadoria, dentro do leque Goiás Social. O Aluguel Social segue em expansão e atende neste momento 49 municípios goianos. A meta do Governo de Goiás é atender 40 mil famílias na primeira etapa do programa.

READ  Prefeitura de Goiânia realiza feira de produtos comercializados por mulheres, na quinta-feira (10/03) e sexta-feira (11/03)

Serviço

Entrega de cartões do Aluguel Social em Divinópolis

Data: 9 de junho

Horário: 10 horas

Local: Clube Recreativo e Social e Monjolo

Endereço: Rua Dr. João H. Pinheiro, nº 178

Entrega de cartões do Aluguel Social em São Domingos

Data: 9 de junho

Horário: 15 horas

Local: Antigo CRAS

Endereço: Rua Jairo Vieira, Vila União

Entrega de cartões do Aluguel Social em Iaciara

Data: 10 de junho

Horário: 10 horas

Local: Colégio Estadual Raimundo Rocha Ribeiro

Endereço: Avenida Sete de Setembro, Centro

Entrega de cartões do Aluguel Social em Guarani

Data: 10 de junho

Horário: 15 horas

Local: Feira Coberta

Endereço: Avenida Mal. Castelo Branco

Entrega de cartões do Aluguel Social em Formoso

Data: 15 de junho

Horário: 14 horas

Local a definir

Foto: Octacílio Queiroz

Agência Goiana de Habitação (Agehab) – Governo de Goiás  

Fonte: Governo GO

Comentários do Facebook
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

CIDADES

PLANTÃO POLICIAL

POLÍTICA

ECONOMIA

MAIS LIDAS DA SEMANA