• redacao@gazetadoestado.com.br

Variedades

Criatividade e economia ditam novas formas de comemorar o Dia dos Namorados

Ainda com distanciamento social, casais buscam formas de demonstrar carinho durante data. Serenatas ressurgem como opção para animar a celebração à distância e para os que vão comemorar em casa, presentes eróticos estimulam a criatividade. Site de permutas oferece opções para economizar

Publicados

em


A terapeuta sexual Raquel Malaghetta oferece presentes sensuais por meio de permutas
Divulgação

 

O Dia dos Namorados, comemorado em 12 de junho, será diferente para muitos casais. Isso porque o isolamento social praticado durante o período de pandemia fez com que muitos casais se distanciassem para evitar a propagação da Covid-19. Outro fator que deve impactar na decisão sobre a forma de comemorar e presentear é o custo a ser investido, uma vez que a economia foi muito afetada pela pandemia. Uma pesquisa divulgada essa semana pelo Instituto Fecomércio de Pesquisa e Análise (IFec RJ), mostrou  que, por causa do cenário de instabilidade provocado pelo novo coronavírus, a intenção de compra para essa data em 2020 deve movimentar 42% menos, que em relação ao ano passado. 

Para celebrar a data, os namorados terão que investir na criatividade, na busca de alternativas que promovam economia de recursos em reais e considerar a realidade de restaurantes e bares estarem de portas fechadas. Neste cenário, o modelo de economia colaborativa em suas várias vertentes, como as permutas digitais, por exemplo, ganham espaço.  

Segundo a psicóloga e terapeuta sexual, Raquel Malaghetta, os casais tiveram que explorar ainda mais as inovações tecnológicas para surpreender o parceiro. ?Nesta pandemia, muitos aprenderam novas formas de ter intimidade. Ligações de vídeo-chamadas, fotos provocantes e até objetos sexuais direcionados por aplicativos de celulares são alternativas para surpreender mesmo à distância?, afirma.

Uma das opções criativas é resgatar uma tradição entre os amantes, a serenata, cuja origem no Brasil remonta ao século XVIII e consiste em uma canção ou performance musical com teor romântico em homenagem a uma pessoa amada. Com o objetivo de reviver esses momentos, a fotógrafa Sílvia Helena Rosa e o músico Murilo Vieira começaram a oferecer serviços de serenata durante a pandemia como uma forma de reaproximar as pessoas amadas. Outra vantagem é que não é necessário gastar dinheiro para contratar os serviços da serenata. A performance musical está disponível na plataforma de permutas multilaterais XporY.com. 

READ  Ladrões explodem caixa eletrônico

?Como somos autônomos e perdemos a nossa fonte de renda com a pandemia, tivemos que nos reinventar e nossa primeira grande data foi o Dia das Mães, quando conseguimos fazer sete serenatas durante o dia?, explica Sílvia Helena. Eles fizeram uma parceria com o músico Miro Nettu, que canta até cinco músicas definidas previamente com o interessado pelo serviço. Oferecendo o serviço romântico para permutas por X$ 200 (moeda virtual própria do sistema de trocas), Sílvia acredita que fará mais negócios durante o Dia dos Namorados do que no Dia das Mães. ?Queremos fazer cerca de dez serenatas e já tivemos procuras pela plataforma?, destaca a idealizadora do projeto.

Ela acredita que a pandemia motivou as pessoas a resgatarem uma forma de demonstrar carinho com a pessoa amada de uma forma tradicional. ?É uma forma de se mostrar presente e, ao mesmo tempo, se preocupar com a saúde de quem amamos, já que evitamos o contato e a formação de aglomerações. As serenatas foram algo que se perderam no passado, mas que estão voltando com força?, destaca Silvia.

READ  Saiba o que muda nas regras para a declaração do Imposto de Renda em 2017

 

Para quebrar a rotina na pandemia

A terapeuta sexual, Raquel Malaghetta também faz parte da plataforma de permutas online XporY.com há cerca de três anos e afirma que as vendas em seu sex shop aumentaram cerca de 200% durante a pandemia. Em comparação com o período que antecede o Dia dos Namorados, o crescimento estimado pela terapeuta sexual foi de 500% em comparação com o ano passado. ?Inclusive, foi durante essa pandemia que abrimos uma franquia de nossa loja no Norte do país. Como alguns casais também estão em casa o que resta fazer é investir na relação?, destaca Raquel, que oferece kits com produtos eróticos para presentear no Dia dos Namorados na plataforma de permutas.

A terapeuta sexual acredita que esse aumento também é motivado pelo desejo dos casais que estão confinados por conta da quarentena há quase três meses sem sair da rotina. ?Com os restaurantes e outras formas de entretenimento fechados, os casais precisaram ligar o botão da criatividade para fazer algo dentro de casa. Então, a procura de itens para decoração, como velas e pétalas, aumentou bastante?, ressalta Raquel.

Na plataforma XporY.com, empresas e profissionais autônomos podem oferecer serviços e produtos para troca gratuitamente e o diferencial é que ela acontece por meio de moeda virtual possibilitando negociar com qualquer um dos mais de oito mil usuários. A moeda virtual X$, é exclusiva da plataforma e equivalente ao Real. 

 

Luiz Fernando Rodrigues

Comentários do Facebook
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CIDADES

PLANTÃO POLICIAL

POLÍTICA

ECONOMIA

MAIS LIDAS DA SEMANA