Cidades

Goiás abre colheita de milho nesta sexta-feira

Publicado

em

Dados do 9º Levantamento da Safra de Grãos da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) revelam que a produção de milho safrinha, em Goiás, deve fechar o ciclo 2021/2022 com crescimento de 5,0% em área plantada, com 1,7 milhão de hectares; 17,2% em produtividade média, com 4,8 toneladas, e 23,0% em produção, com 4,8 milhões de toneladas, na comparação com a última safra.

Devido à importância dessa atividade agrícola para a economia goiana, ocorrerá nesta sexta-feira (24/06), a partir das 8 horas, na Fazenda Santa Mônica, em Rio Verde, a Abertura Estadual da Colheita de Milho. O Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), estará presente e apoia o evento, que será promovido pela Associação dos Produtores de Soja e Milho de Goiás (Aprosoja-GO).

O presidente da Aprosoja-GO, Joel Ragagnin, lembra que esse é o momento de reunir os produtores, suas famílias e profissionais do agro em torno da colheita. “Tivemos vários problemas esse ano, mas vamos colher”, destaca. Segundo ele, a comissão organizadora elegeu alguns pontos de foco para a programação. “Primeiro, o evento será numa propriedade gerida por mulher, para trazer em evidência esse cenário que a gente encontra no campo. Também vamos debater o principal problema desta safra, a cigarrinha do milho, com experiências práticas. E discutir questões políticas, como os possíveis desdobramentos deste ano eleitoral para o agronegócio”, conta.

Para o secretário de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tiago Mendonça, a realização de um evento que marca a abertura da colheita de milho no Estado só confirma a relevância dessa cultura para o agro goiano. “Mesmo com problemas pontuais no campo, como geadas que ocorreram em algumas áreas em maio, infestação de cigarrinha e problemas com falta de chuva no período correto, o produtor tem trabalhado fortemente para entregar mais uma safrinha histórica para Goiás. Temos crescido em produção e produtividade e o resultado disso é percebido na economia, com incremento nos municípios, criação de emprego e geração de renda. O Governo de Goiás também tem buscado apoiar o produtor, por meio de políticas públicas, projetos e ações que possam favorecer do plantio à colheita, permitindo que o Estado se desenvolva cada vez mais. É um pedido do nosso governador Ronaldo Caiado, que o agro sempre seja atendido em suas demandas e que benefícios sejam levados ao segmento”, enfatiza.

READ  Goiás tem 1.187.930 infectados e 25.850 mortos

O local escolhido para sediar o evento é estratégico. A Fazenda Santa Mônica é referência na região e está distante apenas 17 km do centro de Rio Verde, na BR-060, sentido Goiânia, Km 377, à direita, mais 6 km de estrada de terra. Com a programação de qualidade e o local de fácil acesso, a Aprosoja-GO tem expectativa de receber um público qualificado de 500 pessoas, entre produtores rurais e profissionais do agronegócio. Inscrições serão feitas no local do evento.

Exemplo
A programação ocorrerá na propriedade liderada pelos irmãos Monique Lima e Aurélio Guerra. Anfitriã da fazenda, a engenheira agrônoma Monique Lima e seu irmão Aurélio Guerra são filhos de pecuaristas, nasceram em Rio Verde e, desde a infância, convivem com o meio rural. “A fazenda sempre fez parte da nossa vida, mas não diretamente a agricultura, porque meus pais arrendavam as terras para outras pessoas plantarem”, conta Monique.

Os irmãos chegaram a estudar fora de Goiás, afirma ela, mas a vontade de trabalhar com a fazenda a trouxe de volta e, logo em seguida, a oportunidade de cultivar a primeira lavoura em uma área cedida pelos pais. Aos 21 anos de idade, antes de se formar, Monique plantou 63 hectares com o trator que o pai usava na pecuária e implementos alugados. “Falei para o meu pai que ia ser agrônoma, mas eu queria mesmo era ser agricultora”.

READ  Obras do Parque de São Sebastião serão entregues nesta 6ª

Depois, o irmão Aurélio voltou de São Paulo e começou a ajudá-la na administração da fazenda. Sócios, eles ampliaram os negócios, sempre com o apoio dos pais. “É uma parceria muito legal com meu irmão. São visões diferentes, mas hoje a gente conversa a mesma língua”, conta Monique. “De fato, o negócio de agricultura na família começou comigo e o Aurélio veio me ajudar”.

Sobre a Abertura Estadual da Colheita de Milho, a anfitriã afirma que é “uma surpresa maravilhosa receber um evento dessa magnitude na nossa fazenda”. “Nos últimos dois anos temos enfrentado muitos desafios, então será muito bom receber nossos amigos produtores para conversar e celebrar”.

SAIBA MAIS
Estimativas para a Safra 2021/2022 em Goiás

Milho safrinha
Área plantada – 1,7 milhão de hectares (+5,0%)
Produtividade – 4,8 toneladas/hectare (+17,2%)
Produção – 8,4 milhões de toneladas (+23,0%)

Milho total (1ª e 2ª Safras)
Área plantada – 1,9 milhão de hectares (+4,4%)
Produtividade – 5,3 toneladas/hectare (+15,8%)
Produção – 10,2 milhões de toneladas (+20,9%)
Fonte: 9º Levantamento da Safra de Grãos 2021/2022 – Conab

SERVIÇO:
Abertura Estadual da Colheita de Milho

Data: 24 de junho de 2022 (sexta-feira)
Horário: a partir das 8 horas
Local: Fazenda Santa Mônica – Rio Verde (GO)
Mapa/localização: bit.ly/3QHZaX7

Com informações da Aprosoja-GO, Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa) – Governo de Goiás

 
Fonte: Governo GO

Comentários do Facebook
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

CIDADES

PLANTÃO POLICIAL

POLÍTICA

ECONOMIA

MAIS LIDAS DA SEMANA