Cidades

Goiás tem 24.488 mortos e 932.145 infectados

Publicado

em


A Secretaria da Saúde de Goiás (SES-GO) informa que há 932.145 casos de coronavírus 2019 (Covid-19) no território goiano. Destes, há o registro de 901.289 pessoas recuperadas e 24.488 óbitos confirmados. No Estado, há  580.398 casos suspeitos em investigação. Já foram descartados 291.317 casos.

Com os 24.488 óbitos confirmados de Covid-19 em Goiás até o momento, significa uma taxa de letalidade de 2,63%. Há 387 óbitos suspeitos que estão em investigação.

Doses aplicadas

Levantamento realizado pela SES-GO apurou que, referente à primeira dose, foram aplicadas  5.179.426 doses das vacinas contra a Covid-19 em todo o Estado. Em relação à segunda dose, foram vacinadas  3.943.259 pessoas. Esses dados são preliminares e coletados no site Localiza SUS do Ministério da Saúde.

Conforme pactuado na Comissão Intergestores Bipartite (CIB), as Secretarias Municipais de Saúde devem registrar, de forma obrigatória, as informações sobre as vacinas administradas no módulo Covid-19 do Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunizações (SI-PNI Covid-19).

Em relação às vacinas recebidas em Goiás, os dados estão disponíveis em https://www.saude.go.gov.br/coronavirus/vacinacao-covid-19

READ  Caiado projeta entregar mais de 1 milhão de cestas básicas até novembro

Painel Covid-19

O boletim com as notificações da SES-GO foi informatizado e realiza o processamento dos dados a partir dos sistemas do Ministério da Saúde (e-SUS VE e Sivep Gripe). Eventuais diferenças são justificadas por ajustes nas fichas de notificação pelos municípios, como por exemplo, a atualização do local de residência da pessoa.

Para conferir os detalhes dos casos e óbitos confirmados, suspeitos e descartados, acesse o painel Covid-19 do Governo de Goiás por meio do link http://covid19.saude.go.gov.br/.

Fonte: Governo GO

Comentários do Facebook
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CIDADES

PLANTÃO POLICIAL

POLÍTICA

ECONOMIA

MAIS LIDAS DA SEMANA