Política

Humberto Teófilo declara voto contrário a projeto sobre revisão de taxas, multas e custas judiciais

Publicado

em


O deputado Delegado Humberto Teófilo (Sem Partido) ocupou a tribuna da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego) durante a sessão extraordinária híbrida desta terça-feira, 21, para falar sobre projeto da Governadoria que altera a fórmula de cobrança de multas, taxas estaduais e custas judiciais. Em seu pronunciamento durante a Ordem do Dia, ele declarou votar de forma contrária à aprovação da matéria.

O parlamentar disse que a alteração terá forte impacto financeiro junto à população e acrescentou que as taxas judicias cobradas em Goiás, de acordo com ele, estão entre as mais caras do País. Teófilo chegou a apresentar emenda modificativa para que as mudanças não fossem implantadas em 2022. “Todos serão afetados diretamente, sem qualquer estudo de necessidade”, exclamou ele da tribuna.

Ao concluir, Humberto Teófilo, apelou aos demais deputados pela não aprovação da proposição do Poder Executivo. “Nós não podemos votar isso aqui. Nós vamos penalizar milhares de pessoas. Não há necessidade pra isso”, encerrou, ele.

Comentários do Facebook
READ  Aberta sessão extraordinária desta segunda-feira, 28
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

CIDADES

PLANTÃO POLICIAL

POLÍTICA

ECONOMIA

MAIS LIDAS DA SEMANA