Cidades

Inaugurada reforma do Ceja Arco-Íris em Goiânia

Publicado

em


O governador Ronaldo Caiado inaugurou, neste sábado (27), a reforma do Centro de Educação de Jovens e Adultos (Ceja) Arco-Íris, no Bairro Chácara do Governador, em Goiânia. Os investimentos do Governo de Goiás, por meio da Secretaria da Educação de Goiás (Seduc), foram de R$ 660.504,28. Durante a solenidade, o chefe do Executivo ainda entregou um laboratório móvel de informática, uma quadra poliesportiva e Chromebooks para os alunos da unidade.

“Estamos investindo para valer na Educação. Essa é a única maneira de quebrarmos o ciclo da pobreza em Goiás. Quem continua no estudo vai vencer. Quem procura atalho depende dos outros. Quem tem competência tem a capacidade de tocar a própria vida”, explica Caiado.

A unidade de ensino recebeu reparos na pintura interna e externa do muro e de todo o prédio, substituição do piso de cimento vermelho por granitina, construção do refeitório, da cozinha e da calçada externa, implantação da Central de Gás e de uma passarela, reparos nos banheiros dos estudantes e também melhorias na parte elétrica, agora adequada para a instalação de aparelhos de ar-condicionado.

“Se os alunos se empolgarem com a Educação, no futuro a renda de Goiás aumentará. Isso precisa ser colocado na cabeça de todos. Não saiam da escola”, pede o governador, demonstrando ainda os valores de repasses do Estado à área desde o início da gestão. “Em Goiás, já são R$ 3 bilhões. Onde estava esse dinheiro todo?”, pontua.

Com os recursos, também foi construída uma quadra poliesportiva coberta, atendendo reivindicação da comunidade escolar. Atualmente, a unidade atende 550 estudantes, de forma presencial e a distância, por meio do programa Educação de Jovens e Adultos a Distância (Ejatec).

“Fiz uma visita aqui logo que cheguei na secretaria, em 2019. Percebi que não tinham refeitório, a cozinha era minúscula e não havia quadra. Levei a demanda ao governador, que autorizou o trabalho completo. Vocês enxergam reforma geral, mas o Estado de Goiás tem mais de mil obras acontecendo em escolas”, conta a secretária de Estado da Educação, Fátima Gavioli.

A titular da pasta reforça que o Governo de Goiás aproveitou o período com escolas fechadas por conta da pandemia de Covid-19, iniciado em março de 2020 e que impossibilitou aulas presenciais, para “deixar estrutura apropriada para retomada”.

READ  Centro, Novo Horizonte e mais 13 bairros recebem limpeza de bocas de lobo, córregos, bueiros e pontes nesta quarta, 17

“Temos 26 escolas sendo construídas, seis já inauguramos, vamos entregar mais uma em dezembro e, do início de janeiro até fevereiro, pretendemos entregar mais três”, salienta Gavioli, que garantiu funcionamento em tempo integral do Ceja Arco-Íris a partir de 2022, com continuidade do EJA no período noturno. “É uma comunidade que precisa da escola de tempo integral porque acolhe a criança durante todo o dia, deixando que ela fique também para cursos técnicos, projetos de vida e outros itinerários”, frisa ela.

A carga horária diária será de sete horas. Das 7h às 14h15, estudantes do 8° e 9° anos do Ensino Fundamental, além das três séries do Ensino Médio receberão suas aulas no Ceja. Das 14h30 até 18h30, jovens do 6° e do 7° ano do Ensino Fundamental serão atendidos.

A ordem de serviço das obras na escola foi assinada pelo governador em 2019 e os trabalhos começaram em agosto de 2020. De acordo com a diretora do Ceja Arco-Íris, Orita de Souza Medrado, esta é a primeira reforma completa nas instalações da unidade desde sua fundação, em 1984.

“Sentimento é de gratidão. Pedimos a outros governos esse investimento tão sonhado que estamos tendo. Não fomos até o gabinete solicitar o que queríamos. Ficaram sensibilizados com a situação. Isso se chama compromisso e respeito”, disse a diretora.

Tecnologia
Durante o evento, a unidade recebeu um laboratório móvel de informática, composto por um armário para armazenamento e recarga de eletrônicos, que comporta até 42 equipamentos portáteis, incluindo 36 Chromebooks para uso dos estudantes e cerca de oito para professores. No Ceja Arco-Íris também foram entregues dois Chromebooks a alunos da 3ª série do Ensino Médio, representando os 10.600 que serão repassados em toda a cidade de Goiânia.

Ao todo, o Governo de Goiás investiu cerca de R$ 106 milhões na aquisição de 783 laboratórios, que estão sendo distribuídos em escolas do Estado. No primeiro momento, têm preferência unidades que não possuem laboratórios físicos de informática.

READ  Confira o que abre e fecha em Goiânia no feriado da Proclamação da República

“Quero vê-los com os olhos brilhando. Em nosso governo, vamos fazer tudo por vocês, para que amanhã tenham suas profissões. O jovem pode morar em Cavalcante, em Mambaí, que terá educação de qualidade, desenvolvendo área da tecnologia, da informática, sem ser diminuído por onde esteja. Isso é dar dignidade, é cuidar de vocês, dar condições de vocês sentirem orgulho de vestir o uniforme, de estudar”, enfatizou o governador.

Até o final de 2022, a expectativa é que todas as unidades da rede estadual contem, ao menos, com um laboratório móvel. A iniciativa tem como principal vantagem a mobilidade da estrutura, já que os equipamentos podem ser transportados de sala em sala com facilidade.

“Essa mudança agora, de ter refeitório, quadra coberta, informática com mais computadores, internet com mais velocidade ajuda muito nos estudos. Deixa tudo mais confortável. A gente compartilha o mesmo ambiente, se diverte e se ajuda para pesquisar matérias nas salas. É algo novo. Estamos amando isso tudo”, afirma a jovem Maria Jesus Tavares, de 16 anos, que cursa o 1° ano no Ensino Médio no Ceja Arco-Íris.

Colega de turma de Maria, Carlos Eduardo Silva de Brito, também de 16 anos, fala da estrutura recém-instalada do centro de ensino. “Em cada parte, fazem questão de marcar o aluno como importante, com mensagens por toda a escola. Na internet, disponibilizaram cinco redes wi-fi para fazermos apresentações. Nos laboratórios, todos os equipamentos já estão disponíveis para nós. Os professores nos orientam bastante, interagem com os alunos. Com refeitório, vai ter lanche de manhã, almoço. Alunos sem material terão kit completo e com uniforme”, pontua ele, que pretende estudar medicina e ser cirurgião, mesma especialidade do governador Ronaldo Caiado.

“Agradecemos às ações propostas pela gestão do nosso Estado, pois elas influenciam diretamente na frequência e na permanência dos alunos na escola”, frisou o jovem Marcus Vinícius da Silva Segatti, aluno do Ceja Arco-Íris, que leu texto em nome dos estudantes.

Fonte: Governo GO

Comentários do Facebook
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CIDADES

PLANTÃO POLICIAL

POLÍTICA

ECONOMIA

MAIS LIDAS DA SEMANA