Geral

Licitação para construção de UBS no Gama será em outubro

Publicado

em


Abandonado desde 2015, prédio onde funcionava o Posto de Saúde nº 8 será todo reformado para abrigar a UBS | Foto: Joel Rodrigues/Agência Brasília

A reforma do antigo posto de saúde nº 8 no Gama está bem perto de virar realidade e, assim, reforçar o atendimento médico à população. A licitação para a contratar a empresa que fará as obras já tem data marcada: 4 de outubro. A UBS 7, novo nome da unidade, receberá um investimento de R$ 6,69 milhões e a Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap) será a responsável pela fiscalização da obra.

Abandonada desde 2015, a velha construção dará lugar a um moderno prédio de 2.055 m². De acordo com a Novacap, a empresa vencedora terá um prazo de até 300 dias para concluir a nova unidade. O terreno onde será erguida a UBS pertence ao governo federal, junto ao qual o GDF buscou uma solução para dar utilidade ao espaço abandonado e ampliar a oferta de saúde. A área fica no Setor Central da cidade, próximo à Feira Permanente do Gama.

As instalações incluem consultórios de clínica médica, pediatria e odontologia; um centro de especialidade odontológica equipado com até dez cadeiras para atendimento; além de ambientes como sala administrativa, de marcação de consultas e de enfermagem; auditório e espaços para curativos e medicamentos.

Segundo o superintendente da região de saúde Sul, Lucimir Maia, o novo posto vai reestruturar o atendimento na região. “De uns anos pra cá, as equipes que atendiam no local foram movidas para o nosso espaço no estádio Bezerrão”, explica. “Agora, com a nova UBS, vamos poder ampliar o número de profissionais e atender até aproximadamente 25 mil pessoas da localidade”, prevê o médico. O novo posto se somará às 12 UBSs já existentes na cidade.

Espera de quase seis anos

READ  CFM publica novas normas éticas para reprodução assistida no Brasil

A comunidade espera desde 2015 a criação de um nova unidade de saúde no local.  Sem utilização, o antigo prédio foi se degradando e passou a ser alvo de vandalismo. “Ali também já foi usado por pessoas em situação de rua e o mato cresceu. Eventualmente, a Administração Regional e o SLU fazem uma limpeza na área”, conta a administradora Joseane Feitosa.

Segundo Joseane, os serviços de saúde na cidade serão aprimorados com a UBS 7 e com a entrega da nova unidade de pronto atendimento (UPA), que está em fase final de construção. “Será um grande ganho para a nossa população que terá mais opções de atendimento. Os novos postos também ajudarão a desafogar o Hospital Regional do Gama que é muito demandado”, conclui.

Os recursos para a reforma da UBS são oriundos de emendas parlamentares dos deputados distritais Chico Vigilante e Daniel Donizet.

Fonte: Governo DF

Comentários do Facebook
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CIDADES

PLANTÃO POLICIAL

POLÍTICA

ECONOMIA

MAIS LIDAS DA SEMANA