• redacao@gazetadoestado.com.br

Cidades

Marconi Perillo abre 3ª Conferência Estadual de Política para Mulheres

Publicados

em


Com o tema igualdade, Autonomia e Respeito à Diferença, foi realizado em Goiânia nos dias 14 e 15 deste, a 3ª Conferência de Política para Mulheres. O evento reuniu 698 delegadas escolhidas em 31 conferências regionais e municipais. Durante a solenidade, no Centro Cultural Oscar Niemeyer, o governador Marconi Perillo citou a primeira africana a receber o Nobel da Paz, a ambientalista queniana Wangari Maathai, que morreu no mês passado vítima de câncer. A presidente da OVG, Valéria Perillo também participou da solenidade.

Marconi Perillo destacou a importância do desenvolvimento das políticas públicas para as mulheres. ?Aqui as mulheres goianas há muito vibram no diapasão da mudança, da transformação, do crescimento, da inclusão, da justiça e da paz. Tenho orgulho de contar em meu Governo com uma contribuição democrática de mulheres voltadas e comprometidas com seu tempo e os desfavorecidos?, expôs.

A secretária de Políticas para Mulheres e Promoção da Igualdade Racial, Gláucia Teodoro Reis, lembrou que essa terceira conferência teve como objetivo tratar as políticas públicas para as mulheres, precedida por conferências municipais. A partir da conferência estadual serão selecionadas as 76 delegadas que vão participar da Conferência Nacional que será em Brasília, nos dias 12 a 15 de dezembro. Desse encontro foi elaborado o 3º Plano Nacional de Política para as Mulheres.

Da conferência estadual foram retiradas cinco prioridades que vão ser levadas ao encontro nacional. ?Hoje a mulher ocupa vários espaços intermediários de poder, mas nos espaços de poder como parlamento e tribunais superiores a mulher tem um número bastante reduzido em sua participação. Então, nós temos que garantir autonomia para que ela possa ocupar de fato os grandes espaços que lhe competem?, explica Gláucia Teodora.

Na abertura do evento, a secretária executiva da Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República, Rosana Ramos, expôs a importância  da criação de um programa para autonomia das mulheres e a busca da igualdade entre gêneros. Ela pontuou que neste ano se completa cinco anos da Lei Maria da Penha e que o combate à violência contra a mulher deve ser contínuo.

 

 

Comentários do Facebook
READ  Dois homens foram presos acusados de forjar contratos para comprar celulares de operadora em Goiânia
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CIDADES

PLANTÃO POLICIAL

POLÍTICA

ECONOMIA

MAIS LIDAS DA SEMANA