Esportes

Ponte Preta vence o CRB por 3 a 1 e fica na 8ª posição com 54 pontos

Publicado

em


Com dois gols de Bruno Rodrigues e um de Guilherme Pato, a Macaca venceu o CRB por 3 a 1, no último jogo da competição realizado no Majestoso. Com o placar, a Ponte fica na oitava posição, com 54 pontos, uma posição atrás do Sampaio Correa por critérios.

“Fico feliz por fazer mais um gol na minha carreira e só tenho que agradecer à Ponte Preta, onde inclusive marquei meu primeiro gol como profissional. A gente sabe que não tem mais chances de classificação, mas vem batalhando pela dignidade, fazendo nosso papel”, diz Guilherme Pato.

A Ponte volta a campo pela última rodada da série B na sexta-feira (29), às 21h30, contra o Figueirense, na casa do adversário.

O jogo

A Ponte Preta teve a primeira chance aos três minutos, com Camilo, que chutou contra o gol adversário, mas a zaga cortou. Aos sete, Camilo bateu forte contra o gol novamente, mas a defesa tirou. Aos nove, Camilo cruzou fechado para Matheus Peixoto, em lance de perigo, que o atacante quase pegou.

Aos 21, boa defesa de Ygor Vinhas. Aos 26, saiu o primeiro da Macaca. Camilo bateu escanteio e Dawhan cabeceou a bola no travessão. No bate e rebate, Barreto tocou e Bruno Rorigues escorou na pequena área para abrir o placar. 1 a 0.

  Figueirense desperdiça oportunidades e perde de 2 a 0 para o CSA

READ  Copa HC de Futebol de Base movimenta a capital federal

Aos 29, Pato mandou bola de longe, mas ela não entrou. Dez minutos depois, quae Bruno Rodrigues marcou de novo. O atacante se livrou dos marcadores e finalizou de longe, e quase balançou as redes – a bola acabou saindo para escanteio. Aos 40, Camilo cobrou no segundo poste e Bruno cabeceou, assustando o goleiro oponente.

Mas aos 43, porém, o camisa 11 não perdoou. Apodi cruzou na medida, da direita, e Bruno Rodrigues apareceu no meio da defesa do CRB e tirou do goleiro com a cabeça, mandando pro fundo do gol. 2 a 0.  Ninguém mais mexeu no placar na etapa inicial.

No segundo tempo, a Ponte já saiu indo para cima e Apodi teve boa chance, mas não conseguiu concluir. Aos seis, Camilo cobrou escanteio perigoso, mas a bola foi cortada pela zaga.  Aos dez, Pato pegou boa bola, mas a arbitragem marcou impedimento.

Aos 16, porém, o jovem atacante da Macaca deixou o dele. Após tabela com Matheus Peixoto, Pato ficou frente a frente com o goleiro e tocou no cantinho, de pé direito. 3 a 0. Aos 17, Camilo cobrou escanteio e Rodrigues cabeceou, mas ela saiu. Aos 20, linda jogada de Dahwan, que completou 50 jogos com a camisa pontepretana: o volante deu dois chapéus seguidos no adversário, mandando a bola pra frente.

  Após uma sequência invicta de 19 jogos, Chapecoense perde para o Cruzeiro

READ  Bolsonaro diz que Ponte do Abunã reduzirá custo do transporte

Aos 27, bela defesa de Ygor Vinhas em petardo do adversário, mandando para escanteio.  No minuto seguinte, porém, bola indefensável do oponente, que matou no peito e chutou de primeira. 3 a 1.

O jogo seguiu com o CRB tentando ir além do gol de honra, sem grande sucesso, e com a Macaca criando chances de fazer o quarto, inclusive com boas tentativas de Pedrinho.  Aos 46, a última chance da partida, com Igor Maduro cobrando falta perigosa na área, mas o goleiro adversário se antecipou. Aos 48, o juiz apitou o fim do jogo.

Comentários do Facebook
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CIDADES

PLANTÃO POLICIAL

POLÍTICA

ECONOMIA

MAIS LIDAS DA SEMANA