Tocantins

Ruraltins e parceiros implantam unidade demonstrativa em sistema integrado para conservação e recuperação de pastagem

Publicado

em


Ruraltins e parceiros implantam unidade demonstrativa em sistema integrado para conservação e recuperação de pastagem

06/01/2021 – Edvânia Peregrini/Governo do Tocantins

Com a finalidade de difundir a tecnologia do manejo do arroz consorciado ao capim forrageiro para formação e recuperação de pastagem, o Governo do Estado, por meio do Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins), e instituições parceiras estão iniciando, nesta terça-feira, 6, o plantio de seis hectares de Arroz Terras Altas integrado ao capim Brachiaria, na Unidade de Pesquisa e Extensão Rural, no Centro Agrotecnológico de Palmas –  local em que é realizada a Feira de Tecnologia Agropecuária do Tocantins (Agrotins).

A implantação dessa Unidade Demonstrativa (UD) de arroz consorciado ao capim forrageiro para recuperação de pastagem é voltada ao aprimoramento da tecnologia, que além do benefício principal que é formar e reformar a pastagem em termos de conservação e fertilidade do solo, tem ainda a vantagem de aumento na produtividade do grão.

Utilizando o Sistema de Produção Clearfield (um Sistema de Produção que permite ao produtor otimizar seus recursos e produtividade, sendo eficiente no manejo das principais plantas daninhas que ocorrem na lavoura de arroz), que proporciona a adoção de práticas de manejo da lavoura, o diretor explica ainda que a tecnologia aplicada é interessante e economicamente viável. “Pelo fato do arroz ser bem mais rústico e tolerar solo com pouca ou baixa intensificação, ele admite solos com PH um pouco mais ácido, tornando-se uma alternativa interessante e tecnicamente viável ao produtor”, explicou o diretor de Pesquisa e Inovação do Ruraltins, Kin Gomides.

Ainda segundo o diretor, essa UD vai servir para capacitação de extensionistas e produtores e também como vitrines agrícolas com a transferência de tecnologias. “Nós vamos fazer o levantamento para apresentar, aos produtores, o custeio de implantação e também planilhar, para que, no futuro, caso o produtor se interesse por fazer um financiamento da atividade, tenhamos também o levantamento de quanto fica a parcela do crédito, dentro das linhas de financiamento mais viáveis para ele”, afirmou.

Parceria

O presidente do Ruraltins, Fabiano Miranda, acompanhou o plantio e destacou a importância das parcerias para a implantação do Projeto. “Agradecemos a todos os parceiros que estão colaborando para o desenvolvimento desse trabalho que está focando na metodologia 4 P [Pesquisa, iniciativa Público e Privada e Produtor rural], trabalhando junto com uma tecnologia que é 100% tocantinense para desenvolver a pecuária tocantinense e levar para todo o Brasil”, destacou.

São parceiros neste projeto, a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa); a Universidade Estadual do Tocantins (Unitins), a Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária e Aquicultura (Seagro); a Prefeitura Municipal de Palmas; e as empresas privadas Unigel, Omnia Fertilizantes, Polli Fertilizantes, Foscal Pro, Nativa Mineração, Grão Fértil, Agricom side e Evidência Produtos Agropecuários.

Edição: Lenna Borges

Revisão Textual: Marynne Juliate

Fonte: Governo TO

Comentários do Facebook
READ  Wanderlei Barbosa reforça compromisso do Governo do Tocantins com desenvolvimento sustentável
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CIDADES

PLANTÃO POLICIAL

POLÍTICA

ECONOMIA

MAIS LIDAS DA SEMANA