• redacao@gazetadoestado.com.br

Distrito Federal

Socioeducandos do DF são classificados no Enem

Publicados

em


Os adolescentes do Sistema Socioeducativo do Distrito Federal que foram classificados no Exame Nacional do Ensino Médio para Pessoas Privadas de Liberdade e Jovens sob medida Socioeducativa (Enem PPL) seguem para a fase de inscrição no Sistema de Seleção Unificado (SiSU), no Programa Universidade Para Todos (ProUni) ou no Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). O resultado foi divulgado, nesta semana, pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

“A cidadania, mais uma vez, é o alvo dos socioeducandosMarcela Passamani, secretária de Justiça e Cidadania

Ao todo, o sistema socioeducativo contabilizou 190 inscritos no exame, sendo 186 como treineiros, que realizaram as provas apenas para treinar e avaliar os conhecimentos, e quatro como participantes aptos a concorrerem a uma das vagas de acesso ao ensino superior. Desses quatro concorrentes, dois fizeram as provas e conseguiram notas de destaque.

“A cidadania, mais uma vez, é o alvo dos socioeducandos”, afirma a secretária de Justiça e Cidadania, Marcela Passamani. “Para nós, essa conquista afeta tanto eles quanto a população do Distrito Federal, que passa a contar com novos estudantes e futuros profissionais que vão atender a nossa cidade em diversas áreas de atuação no mercado profissional. Seguimos trabalhando para ressocializar esses adolescentes.”

READ  Em janeiro, 2.260 pessoas em situação de rua foram atendidas

Na prática, os jovens foram avaliados em seis áreas de conhecimento, como linguagens, códigos, ciências humanas, ciências da natureza, matemática e tecnologias, em provas realizadas nos dias 23 e 24 de fevereiro deste ano, dentro das unidades de internação.

De acordo com o Ministério da Educação (MEC), a previsão para as inscrições do primeiro e do segundo semestre – usando as notas do Enem 2020 –  seguem até o dia 9 deste mês para o SiSU, de 13 a 16 no ProUni e de 20 a 23 para quem tentar ingressar no ensino superior com o Fies.

Enem

O Enem foi instituído em 1998, com o objetivo de avaliar o desempenho escolar dos estudantes ao término da educação básica. O exame aperfeiçoou sua metodologia e, em 2009, passou a ser utilizado como mecanismo de acesso à educação superior, por meio do Sistema de Seleção Unificada (SiSU), do Programa Universidade para Todos (ProUni) e de convênios com instituições portuguesas.

Os participantes do Enem também podem pleitear financiamento estudantil em programas do governo, como o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Os resultados do Enem continuam possibilitando o desenvolvimento de estudos e indicadores educacionais.

READ  Socioeducandos do DF fazem provas do Enem hoje e amanhã

As provas do Enem 2020, versão impressa, foram realizadas nos dias 17 e 24 de janeiro de 2021. Pela primeira vez, o Inep realizou o Enem Digital, com aplicação em 31 de janeiro e 7 de fevereiro de 2021. Já o Enem PPL ocorreu nos dias 23 e 24 de fevereiro, mesma data da reaplicação do exame.

*Com informações da Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus)

Fonte: Governo DF

Comentários do Facebook
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CIDADES

PLANTÃO POLICIAL

POLÍTICA

ECONOMIA

MAIS LIDAS DA SEMANA