Nacional

Vereador Jairinho é investigado por agressões a três crianças, diz polícia

Publicado

em


source
Dr. Jairinho
Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

Dr. Jairinho

Com o recente depoimento de uma ex-namorada de Dr. Jairinho,  Jairo Souza Santos Junior, de 43 anos, Débora Melo Saraiva, já são  três casos investigados pela polícia sobre crianças agredidas pelo vereador, que está preso com a atual namorada, Monique Medeiros, desde 8 de abril.

Débora Melo Saraiva, de 34 anos, disse que foi agredida e seu filho, torturado pelo parlamentar. “Ela (Débora) disse que foram tantas agressões que ela sequer consegue lembrar quantas vezes ela apanhou do vereador Douror Jairinho”, afirmou ao G1 o chefe do departamento de polícia da capital, Antenor Lopes, após o fim do depoimento.

Jairinho e atual namorada, Monique Medeiros, estão presos sob a suspeita de homicídio duplamente qualificado pela morte de Henry Borel, filho dela. Além do homicídio, o político é indiciado por tortura. Já a professora Monique, responde por negligência e por não denunciar o namorado.

O menino foi levado para o hospital onde foi decretada sua morte na madrugada do dia 8 de março, quando estava em casa com o casal Jairinho e Monique.

READ  Caso Henry: pai organiza carreata para pedir justiça por morte do menino

Você viu?

Outra denúncia de agressão do vereador a uma criança foi feita por outra ex-namorada, mãe de uma menina que hoje tem 13 anos. A criança prestou depoimento em março na Delegacia da Criança e do Adolescente Vítima (Dcav).

“O Jairinho que eu conheço, que a minha filha descreve, que fez o que fez com ela, eu hoje oro a Deus pelo livramento de não ter sido ela [que morreu]. Porque ele podia ter matado a minha filha”, disse a ex-namorada ao Fantástico. A mulher pediu para não ser identificada pelo programa.

De acordo com a Polícia Civil do Rio de Janeiro, os dois casos estão na Delegacia da Criança e do Adolescente Vítima (Dcav) e seguem sendo investigados. A polícia já ouviu algumas testemunhas, mas pretende ouvir Jairinho, que nega todas as acusação.

READ  Agência Brasil explica como fazer compostagem de resíduos orgânicos

Comentários do Facebook
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CIDADES

PLANTÃO POLICIAL

POLÍTICA

ECONOMIA

MAIS LIDAS DA SEMANA