Política

Adriana Accorsi parabeniza os servidores públicos e defende a valorização da categoria

Publicado

em


A deputada Delegada Adriana Accorsi (PT) usou da palavra durante as discussões de matérias da Ordem do Dia, da sessão ordinária híbrida dessa quinta-feira, 28, para se referir ao Dia do Servidor Público.

“Hoje é um dia especial para mim e para milhares de pessoas e quero saudar todas as servidoras e servidores do nosso estado. Quero saudar a todos nas pessoas de José Virgílio, presidente da União Goiana dos Policiais Civis (Ugopoci), a minha entidade classista e também da presidenta do Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Goiás (Sintego) e da Central Única dos Trabalhadores de Goiás (CUT-GO), professora Bia de Lima. Apesar de toda a luta dessas pessoas e dos sindicatos, ainda, vivemos um momento muito triste para o servidor público no Brasil. Em nível nacional, vários projetos foram aprovados no Congresso que retiram direitos e prejudicam o serviço público. O pior deles está em andamento, é uma Proposta de Emenda Constitucional (PEC 32), que será a destruição do serviço público e se baseia na premissa falsa de que o servidor público tem privilégios. Essa PEC quer acabar até com a estabilidade do servidor público”, afirmou.

READ  Senadores pedem instalação de CPI; para Pacheco há outras prioridades

A parlamentar também destacou que, em Goiás, a situação não é diferente. “Nós contabilizamos várias perdas de direitos dos servidores públicos. As perdas dos quinquênios, das licenças prêmios dos trabalhadores da educação e falta do pagamento da data base, que é lei e não está sendo cumprida. Os policiais civis, por exemplo, estão sem receber a data base mesmo se desdobrando e se dedicando ao trabalho. Além disso, nós precisamos, ainda, acabar com o desconto de 14,25% dos servidores aposentados. Essa cobrança penaliza o servidor aposentado, e é maior taxa percentual de desconto salarial dos servidores aposentados do Brasil”, frisou.

A Delegada Adriana Accorsi finalizou o discurso dizendo que tem orgulho de ser servidora pública há 21 anos e sempre defenderá os direitos da categoria.

Comentários do Facebook
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

CIDADES

PLANTÃO POLICIAL

POLÍTICA

ECONOMIA

MAIS LIDAS DA SEMANA