Nacional

“Ainda é cedo”, diz Bruno Covas sobre obter resultados do feriado prolongado

Publicado

em


source
Bruno Covas, prefeito da cidade de São Paulo
Foto: Reprodução/Internet

Bruno Covas, prefeito da cidade de São Paulo

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), afirmou nesta terça-feira (30), que ainda “é cedo” para avaliar o resultado do feriado prolongado pela prefeitura conter o avanço da Covid-19 na cidade. “É muito cedo para colher os resultados desse grande feriado decretado pela prefeitura”, disse Covas em coletiva de imprensa realizada nesta terça.

A cidade está em um recesso prolongado até o dia 4 de baril, após o prefeito ter antecipado cinco feriados municipais com o objetivo de diminuir a circulação de pessoas na cidade de São Paulo.

Sobre a taxa de isolamento social não ter atingido o percentual de 60%, o prefeito explicou que são feitas reuniões com o comitê de Covid para avaliar a pandemia na cidade. “Temos feito reuniões diárias, tivemos uma manutenção de 90% sem crescimento de leitos de UTI, o que é algo positivo. A medida do isolamento mostra uma evolução, trabalhamos com indicadores como catracas, trânsitos e isso vem mostrando um aumento das pessoas que permanecem dentro de casa, o que mostra um acerto da antecipação do feriado”, disse.

READ  Felipe Neto detona Bial após fala sobre Lula: "Devia ter ficado no BBB"

Abertura de escolas

No último sábado, o governo João Doria (PSDB) publicou um decreto que declara a Educação atividade essencial. De acordo com o Plano São Paulo, as unidades de ensino podem continuar abertas, desde que atendam até 35% dos alunos matriculados.

Você viu?

O prefeito também foi questionado sobre o decreto que considera a Educação como serviço essencial, mas disse que ainda não há uma decisão sobre o retorno das escolas e ressaltou que caberá à Vigilância Sanitária. “A educação é uma ação transformadora, mais do que essencial, só que temos uma preocupação com a vida. A área da vigilância vai determinar quando será possível e de que forma irá retornar, assim que autorizado pela vigilância sanitária, a gente retorna as aulas”, afirmou durante coletiva. 


Prefeitura vai aumentar distribuição de cestas básicas e refeições 

Ainda na coletiva de imprensa, o prefeito de São Paulo anunciou a manutenção dos auxílios emergenciais, doação de marmitas e cestas básicas e de aluguel para mulheres vítimas de violência, assim como a do cartão merenda. O investimento será de R$ 2,8 bilhões em novos programas. Covas destacou ainda a criação de quase 10 mil novas vagas de trabalho.

READ  Bruno Peixoto defende política de incentivo à caminhada e cicloturismo no Caminho de Cora Coralina

A renda básica emergencial de R$ 100 paga pela prefeitura será mantida em abril e maio para 1.287.422 cidadãos.

O prefeito disse ainda que o cartão merenda, de R$ 55 a 101, deve atender um total de 1.039.387 alunos a partir do próximo mês. Covas também anunciou a abertura de 170 vagas em hoteis e casas de acolhimentos para idosos em situação de rua. A distribuição de marmitas, máscaras, cestas básicas e refeições serão ampliadas ao longo do mês de abril.

Comentários do Facebook
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CIDADES

PLANTÃO POLICIAL

POLÍTICA

ECONOMIA

MAIS LIDAS DA SEMANA