Cidades

Festival Goiânia Canto de Ouro encerra com recorde de público

Publicado

em


A décima edição do Festival Goiânia Canto de Ouro foi encerrada na noite deste domingo (28/11). No total, foram 16 dias de shows com mais de 50 cantores e músicos goianos que subiram ao palco do Centro Municipal de Cultura Goiânia Ouro, no Centro. O evento, promovido pela Prefeitura de Goiânia, por meio da Secretaria Municipal de Cultura (Secult), teve a plateia lotada todos os dias, com média de 150 pessoas por show, conforme capacidade máxima de público permitida de acordo com decreto municipal e orientações sanitárias de prevenção à Covid-19. 

“Encerramos o Canto de Ouro com sucesso absoluto. O evento foi super elogiado, além de ter sido um marco no retorno do calendário cultural em Goiânia. Seguimos todos os protocolos de prevenção à Covid-19. Grandes shows, 12 novos talentos revelados, cantores goianos renomados no palco com apresentações de músicas autorais e grandes sucessos da MPB. Tivemos um dia especialmente sertanejo, algo inédito no Festival. Enfim, mais um grandioso evento da Prefeitura de Goiânia, da Cultura de Goiânia”, afirmou o secretário municipal de Cultura, Zander Fábio.

READ  Projeto Horta Comunitária planta 3.500 mudas no Cras Floresta

A proposta do festival é mostrar ao público, a Música Popular Brasileira (MPB) e a música contemporânea feita na Capital. “O Canto de Ouro é fundamental para a divulgação da MPB em Goiás. Foram noites de música boa, emoção para muitos cantores que estavam há quase dois anos sem subir em um palco, e mais emoção ainda para aqueles que subiram pela primeira vez. Goiânia tem gente de muito talento e um evento como o Canto de Ouro representa valorização, reconhecimento da arte que temos aqui”, pontuou o produtor cultural Carlos Brandão.
 
Canto de Ouro
 
Criado em 2008, com realização da Prefeitura de Goiânia, o Festival, desde então, cumpre sua tarefa de mostrar ao público goianiense e goiano, os artistas que fazem e expandem a MPB por aqui. “Um grande projeto que tenho o prazer de participar desde sua criação, e contribuir para sua configuração, para o sucesso. Sem contar que estou muito feliz com o retorno aos palcos, aos shows”, afirmou o cantor Pádua.
 
Neste ano, o Canto de Ouro homenageou os artistas vítimas da Covid-19 em todo o Brasil, em especial em Goiânia e Goiás. O show de abertura do Festival foi com Lui, filha da cantora Cláudia Garcia, que perdeu a vida para doença no início do ano. “Obrigado pela presença de todos e hoje é um dia muito especial para mim”, afirmou o cantor, um dos novos talentos do Festival.
 
Outra voz que marcou presença no palco do Cine Ouro foi a cantora Cláudia Vieira. “Que emoção, que saudade eu estava de subir ao palco e cantar. Estou até nervosa, emocionada mesmo e isso é lindo. Um dia muito especial!”, disse a cantora durante o show.
 
Lívia Máximo, editoria de Cultura

Comentários do Facebook
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

CIDADES

PLANTÃO POLICIAL

POLÍTICA

ECONOMIA

MAIS LIDAS DA SEMANA