Geral

‘Sejus Mais Perto do Cidadão’ realiza 100 mil atendimentos em 2021

Publicado

em


O programa Sejus Mais Perto do Cidadão alcançou a marca de 100 mil atendimentos realizados desde a sua criação em 2019, durante a passagem por Sobradinho II, nessa sexta-feira (3) e sábado (4), na estrutura montada em frente à administração regional. Somente nesses dois dias de programação, o número de serviços prestados ultrapassou os 4 mil. Esta foi a última edição neste ano da ação promovida pela Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus).

O objetivo do programa, segundo a secretária Marcela Passamani, é contribuir para a melhoria de vida das pessoas. “Esse evento se tornou uma das maiores ações itinerantes do Governo do Distrito Federal. O nosso papel é atender da melhor maneira possível o cidadão, que precisa desse olhar atento do governo. Somos uma equipe unida e comprometida em transformar vidas”, completou.

Nas 17 edições desde 2019, o programa ofereceu emissão gratuita da 1ª e 2ª vias do RG; atendimentos do Na Hora; assistência jurídica, social e psicológica; corte de cabelo, entre outros serviços. A programação também incluiu atividades na área de saúde, como aferição de pressão, consulta médica e atendimento odontológico, além de diversão para crianças.

READ  Melhor em campo nos três últimos jogos do Vozão, meia Vina soma cinco participações em gols

Na edição de dezembro, em Sobradinho II, a confeiteira Giselma Silva, 25 anos, por exemplo, aproveitou a oportunidade para se consultar com o dentista. “Eles me atenderam muito bem e fizeram a extração do meu dente. Achei ótimo ter um dentista perto de casa e de graça”, afirmou. Já o pedreiro Vanderlino da Silva, 36 anos, trouxe toda a família para o evento. “O evento foi muito bom: nota 10. Eu trouxe meu filho para tomar a vacina e eu cortei o cabelo”, comentou.

Atendimento odontológico é um dos serviços oferecidos pela Sejus durante o evento. Fotos: Divulgação/Sejus

O Sejus Mais Perto do Cidadão é realizado com o apoio de voluntários, que somente na 17ª edição do programa somaram 170 pessoas, como a estudante de enfermagem Miriam Ferreira, 36 anos. “Gostei muito de atender as pessoas porque servir a população faz parte da enfermagem e também me ajudou a ter experiência profissional”, relatou. Para a recepcionista e estudante de fisioterapia Fernanda Bonifácio, de 24 anos, foi sua primeira experiência com trabalho voluntário. “Foi uma coisa nova para mim. O trabalho voluntário não é só uma experiência individual, mas coletiva. A gente consegue aprender com os colegas”.

READ  Brasília terá circuito turístico específico para motos

Levando serviços de cidadania e saúde, o evento já percorreu as seguintes cidades: Candangolândia, Paranoá, Planaltina, Brazlândia, Recanto das Emas, São Sebastião, Riacho Fundo, Sol Nascente/Pôr do Sol, Itapoã, Ceilândia, Estrutural, Samambaia e Paranoá, além da Rodoviária do Plano Piloto.

Fonte: Governo DF

Comentários do Facebook
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CIDADES

PLANTÃO POLICIAL

POLÍTICA

ECONOMIA

MAIS LIDAS DA SEMANA